Com o objetivo de aproximar temas da psicologia junguiana e do autoconhecimento do público em geral, meus cursos e palestras buscam despertar o olhar de cada um sobre si mesmo e o mundo ao redor,  desmistificando o autoconhecimento e promovendo reflexões. Apresento abaixo alguns temas que podem ser trabalhados em diferentes formatos e tempos de duração, como curso ou palestra... 

Para mais informações ou saber como levar esse conhecimento para grupos, em empresas ou espaços públicos e privados, fala comigo? Acesse a agenda com as próximas datas!

 

Arquetipos do Feminino.jpg
Arquétipos do Masculino.jpg
A Mulher e os Ciclos.jpg
Danças Circulares e Jung_Capa.jpg

Baseado no livro "As Deusas e a Mulher" da psiquiatra e psicoterapeuta junguiana da Universidade da Califórnia, Jean Shinoda Bolen, esse conhecimento nos ajuda a compreender o que são forças arquetípicas e como elas atuam na nossa psique, moldando nosso comportamento. Esboçamos 7 tipos psicológicos a partir das deusas gregas: como são, como trabalham, como se relacionam com os homens, como se casam, se é que se casam, como funcionam na maternidade... quais as dinâmicas psíquicas e onde se encontram os pontos de crescimento e equilíbrio... Leia mais nesse post!

 

Baseado no livro "Os Deuses e o Homem" da psiquiatra e psicoterapeuta junguiano da Universidade da Califórnia, Jean Shinoda Bolen, esse conhecimento nos ajuda a compreender o que são forças arquetípicas e como elas atuam na nossa psique, moldando nosso comportamento. Esboçamos 8 tipos psicológicos a partir dos deuses gregos: como são, como trabalham, como se relacionam com as mulheres, como se casam, se é que se casam, como funcionam na paternidade... quais as dinâmicas psíquicas e onde se encontram os pontos de crescimento e equilíbrio... Leia mais nesse post!

 

Esse conhecimento ancestral sobre a relação entre os ciclos da vida da mulher, os ciclos da Lua e o ciclo menstrual da mulher, com suas variações físicas, psíquicas e emocionais, ajuda as mulheres a se conhecerem melhor, aceitar seus ciclos com gentileza e agradecimento. Entrar em contato com os 4 arquétipos que regem esses 4 ciclos ou 4 partes de um ciclo maior, pode transformar em grande medida nossa relação com nosso corpo, nossa beleza, nossa força como mulher e, por portanto, nossas relações, seja com as outras mulheres, filhos, parceiros...

 

Essa palestra e vivência de danças circulares é muito linda! Explica a proposta de Jung para o processo de individuação que, se podemos explicar brevemente, é o objetivo maior do processo terapêutico junguiano, aquele processo que nos desnuda das máscaras da persona e nos permite realizar a cada momento um ego mais integrado e próximo ao SELF, ou si-mesmo que somos. E como entendemos que as danças circulares são uma técnica expressiva incrível de contribuição a esse processo!